Início » Celulares » Celular Dobrável com Android – Como funciona? Pontos fortes e fracos dos modelos

Celular Dobrável com Android – Como funciona? Pontos fortes e fracos dos modelos

Uma das maiores novidades no mercado de telefonia apresentada no ano passo foi o lançamento do primeiro smartphone com tela dobrável a chegar no mercado brasileiro. O Galaxy Fold, da Samsung, pode ser considerado como uma porta de entrada para esse tipo de aparelho.

Mas como essa tecnologia funciona? Quais marcas estão apostando nessa novidade? E quais os diferenciais dos smartphones dobráveis em comparação aos outros modeles? Isso é o que você vai descobrir aqui!

Como funcionam os celulares Dobráveis?

Atualmente já não são poucos os modelos de celulares dobráveis no mercado, no caso da Samsung são dois com lançamento para 2020.

Samsung Galaxy Fold

Para se ter uma ideia de como essa tecnologia funciona, vamos usar como exemplo o mais recente lançamento da Samsung, o Galaxy Fold.

Isso porque o celular da gigante coreana de telefonia não é tão diferente do primeiro celular de tela dobrável lançado no mercado, o Royole FlexPai.

Nos dois casos, ambos os aparelhos apresentam um dispositivo que pode ser dobrado em apenas um único eixo.

Dessa forma, o smartphone pode mudar de tamanho.  Mas apenas o modelo da Samsung permite uma utilização tanto em sua forma ‘padrão’, quanto na forma dobrada.

Com isso, em alguns modelos, as funcionalidades ficam disponível apenas quando o celular está aberto – desdobrado.

Samsung Galazy Z Flip

Outras marcas com celulares dobráveis em 2020 

Parece que os Celulares Dobráveis serão mesmo a nova tendência daqui para frente. O que demonstra isso são os investimentos feitos para desenvolver, e melhorar, essa tecnologia.

Tanto é que empresas como Samsung, Huawei, Xiaomi e Motorola possuem equipes somente para pesquisa e desenvolvimento de smartphones dobráveis.

celular dobrável da Huawei
Huawei, Mate X

Apesar de existirem alguns desafios para colocar mais celulares como esse no mercado, a tendência é que esses sejam superados.

Além disso, o fato de o Samsung Galaxy Fold já estar a venda em diversos lugares, mostra como os consumidores estão aceitando esse novo modelo.

celular dobrável da Samsung
Samsung Galaxy Fold

Contudo, o smart da Samsung já ganhou forte concorrência. O Mate X, da Huawuei, e o Razr V4, da Motorola, também devem chegar por aqui em breve.

RAZR Motorola
RAZR, Motorola

Pontos positivos dos celulares dobráveis

Mas qual a vantagem de possuir um celular dobrável com Android? Isto é, o modelo já evoluiu o suficiente para conquistar o mercado?

Em resumo, é possível dizer que ainda existem riscos com esse novo modelo. Em alguns testes de usabilidade e durabilidade, alguns celulares dobráveis com Android da Samsung apresentaram falhas.

Porém, o modelo que está no mercado já passou por inúmeros testes, apesar de ainda não ser, o que podemos chamar de versão final.

Contudo, esse tipo de celular apresenta alguns diferenciais interessantes;

Comodidade e conforto

Talvez a maior promessa com o celular dobrável seja a comodidade e o conforto que ele traz para o usuário.

Isto é, o aparelho é bem fácil de carregar por aí, justamente pela sua principal característica – dobrar.

Substituto dos Tablets

A evolução dessa smartphone representa o início do fim para os tablets. Isso porque esse novo modelo tem todas, e se não ainda mais funcionalidades que os tablets mais avançados possuem.

Bateria de longa duração

Em razão do seu tamanho e, consequentemente, do tamanho da sua tele, o celular dobrável com Android exige uma bateria mais potente.

Como é o caso do Galaxy Fold, que possui duas baterias e, de acordo com alguns testes, já chegou a dois dias inteiros longe do carregador.

Pontos fracos dos celulares dobráveis

Mas nem tudo são flores com os novos smartphones dobráveis com Android. Justamente por ser uma tecnologia ainda em desenvolvimento, esses celulares ainda apresentam alguns pontos negativos.

  • Fragilidade

Em resumo, boa parte desses problemas estão concentrados na tela, já que, por ser dobrável, pode ser bem frágil.

Com isso, os riscos de quebra e danos menos significativos são bem grandes. As empresas até mesmo recomendam que você não coloque mais nada no bolso além do aparelho.

  • Peso

Outro fator que pesa contra esse novo modelo é o seu peso. Para se ter uma ideia, o Galaxy Fold pesa 263g, enquanto o Galaxy Note Plus tem 196g.

Sendo assim, assistir vídeos, séries ou utilizar aplicativos que demandam mais tempo pode ser mais cansativo.

  • Preço alto

Mas nada disso é tão problemático assim quanto o preço do celular dobrável. O novo modelo da Samsung custa ‘apenas’ US$ 1.980 (algo em torno de R$ 8.200,00).

Logo, é possível concluir que o ideal, para quem deseja ter um celular dobrável, é aguardar um pouco mais. Tanto por causa do preço, quanto pela evolução que esse modelo ainda pode apresentar.

Gostou do nosso conteúdo? Não deixe de conferir outras dicas e recomendações aqui no site!

Rafaela Trevisan Cortes
Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Comente